restaurar

Dentro da mata ela mora, adora a mata para morá prá ver a caipora basta assobiá E quando ela aparece parece que é prá ficar quando menos se espera vai embora E se adivinhá o que ela perguntá ela deixa saudade em qualquer lugar Caipora não vai embora Caipora viola chora ó Caipora sempre tem uma estória prá se contar Ama a fauna e a flora as cochoeiras, os matagá e se a viola chora ela quer cantá E quando a gente implora sente saudade pr'ela voltá ela aparece agora basta assobiá.

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.