×
Corrigir

Dezessete Anos

Os Capitães da Areia

Tinhas só dezessete anos
E levei-te p'ra dançar
A pista estava vazia
Desculpa para te beijar

Tinhas só dezessete anos
E levei-te p'ra dançar
A pista estava vazia
E a música a tocar

Papararara
Papararara
Paparararara

Não te encostes à parreira
Dizem que ela deita pó
Anda vem para a minha beira
Rapaz solteiro, alma só

Não te encostes à parreira
Dizem que ela deita pó
Anda vem para a minha beira
Rapaz solteiro, alma só

Papararara
Papararara
Paparararara

P'ra sempre dezessete anos
Para sempre o meu par
Nessa pista infinita
O refrão não vai parar

P'ra sempre dezessete anos
Para sempre o meu par
Nessa pista infinita
O refrão não vai parar

Papararara
Papararara
Paparararara

Mais depressa, mais depressa
Vá não tardes em chegar
Sela-se agora a promessa
Desse amor, desse lugar

Mais depressa mais depressa
Vá não tardes em chegar
Sela-se agora a promessa
Desse amor, desse lugar

Papararara
Papararara
Paparararara

Composição: Capitão Pedro, canta. Capitão Tiago, toca guitarra. Capitão Vasco, na guitarra-baixo. Capitão António, nos tambores.






Mais tocadas

Ouvir Os Capitães da Areia Ouvir