restaurar

Letra - O Milagre da Flecha

Pedro Bento e Zé da estrada

Era alta madrugada Já cansado da jornada Eu voltava pro meu lar Quando apareceu no escuro Me encostando contra o muro Um ladrão pra me assaltar Com o revólver no pescoço Ainda expliquei pro moço Tenho filho para criar Sou arrimo de família Leve tudo, me humilha Mas não queira me matar Ave Maria. Aleluia. Ave Maria Mas o homem sem piedade Um escravo da maldade Começou me maltratar Para ver se eu tinha medo Antes de puxar o dedo Ele me mandou rezar Eu nunca tinha rezado Eu que era só pecado Implorei por salvação Elevei meu pensamento E descobri neste momento O que é ter religião Ave Maria. Aleluia. Ave Maria Um clarão apareceu Minha vista escureceu E o bandido desmaiou E morreu, não teve jeito Com uma flecha no peito Sem saber quem atirou Neste hora a gente grita Berra, chora e acredita Que o milgre aconteceu De joelhos na calçada Perguntei com a voz cansada Quem será que me atendeu Ave Maria. Aleluia. Ave Maria Já estava amanhecendo A alegria me aquecendo Quando entrei na Catedral Cada Santo que eu via Eu de novo agredecia E jurava ser leal Veja os Santos de passagem Mas não toque nas imagens Me avisou o sacristão Ali ninguem explicava Uma flecha que faltava Na imagem de São Sebastião Ave Maria. Aleluia. Ave Maria

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.