×

Corrigir

C'est La Vie

Renato Godá

Não tenho pose, não tenho pressa
Não tenho tempo pra sofrimentos
Não tenho santo de devoção
Não tenho queda para lamentos

Não tenho carro, não tenho cão
Não tenho queixas nem endereço
Sapatos novos ou pretensão
De ser feliz a todo momento

Quando aperta eu tenho o meu mundo
Uma garrafa, um maço de cigarro em mãos
E o tempo que eu quiser para contar as estrelas

Não me preocupam as circunstancias
Nem os que julgam que sou vagabundo
O que fazer c’est la vie mon amour
Sou o que sou, não invento desculpas

Não tenho mágoas ou preconceitos
Nem saudosismo ou planos futuros
Não tenho a quem prestar satisfação
Sou vira-lata desprovido de culpas

Quando aperta eu tenho o meu mundo
Uma garrafa, um maço de cigarro em mãos
E o tempo que eu quiser para contar as estrelas


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Renato Godá Ouvir