restaurar

Letra - Dama De Vermelho

Sandro Lúcio

Garçon, olhe no espelho A dama de vermelho Que vai se levantar Note que esta orquestra Fica toda em festa Quando ela sai para dançar esta dama, já me pertenceu O culpado fui eu Da separação, Hoje, morro de ciúme Ciúme até do perfume que ela deixa no salão garçom amigo, apaga a luz da minha mesa Eu não quero que ela note em mim tanta tristeza Traga mais uma garrafa hoje vou me embriagar quero dormir para não ver Outro homem te abraçar

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.