×

Corrigir

Madame

Sidoka

Yeah, uh, yeah
Yeah, yeah, yeah, yeah
Uh, que eu tô vendo
Que eu tô vendo me olhar (madame)

Uh, madame, uh, yeah, onde cê quer ir? (onde cê quer ir?)
Uh, onde cê quer tá? (uh, onde cê quer tá, yeah)
É que eu tô vendo cê descer (que eu tô) vendo cê me olhar
Yeah, yeah, yeah, yeah
Madame, madame, madame
Onde cê quer ir? (onde cê quer ir, yeah, yeah)
Uh, onde cê quer tá? (uh, onde cê quer tá, yeah)
É que eu tô vendo cê descer
Tô vendo cê me olhar, yeah (yeah, yeah)

Deixei as mina que me quer de lado
Deixei seu ex-namorado bolado
Só brindando lean com a mais linda
Emociono com essa vida, minha linda
E cê sabe que eu sou trapstar
Aqueles que duvida onde está
Nós aqui no topo desse prédio, wah
Ela rebolando mata o tédio, ah
Fiz o que eu pude e agora busquei
Ela é princesa, mas eu não sou rei
Olha meus paco de haxa na bag
Me olhando do jeito que eu não sei
E nenhuma mina mete comigo do jeito que cê mete
Fala que eu sou foda enquanto tá de topless
Ela tá pedindo lean, tá pedindo jet
Tá falando: Novin' pode vim, pode vim, oh, yeah
Yeah, yeah, o wax acabou, ela fumou tudo
Só me fala o que é que eu sou
Porque mina eu te dou o mundo, fala que me levantou
Porque ela sente lá no fundo que ela é filha de doutor
E eu sou mais um vagabundo
Ela desce pros cara de óculos
Nós escrevemos em rótulos
Que que será que vem próximo
Ela deitada sorrindo tá alta

Madame, uh, yeah, onde cê quer ir? (onde cê quer ir?)
Uh, onde cê quer tá? (uh, onde cê quer tá, yeah)
É que eu tô vendo cê descer (que eu tô) vendo cê me olhar
Yeah, yeah, yeah, yeah
Madame, madame, madame
Onde cê quer ir? (onde cê quer ir, yeah, yeah)
Uh, onde cê quer tá? (uh, onde cê quer tá, yeah)
É que eu tô vendo cê descer
Tô vendo cê me olhar, yeah (yeah, yeah)

Foda-se que vão falar de nós
Ela gosta da minha luva e nunca deu moral pros boy
Lembro do passado que eu falava que ia ser rico
E ela não fala o passado, diz que seu passado dói
Ei, mina, não me envolvo com ninguém
Eu só ando preocupado em quanto tempo o Doka tem
Eu não vou ficar nervoso cê me acalma igual Codein
Ela vem, vem, vem, ela vem, vem, vem
Já me perdi, já me encontrei
Já chovi haxa nos pela que eu sei
Pergunta os pela pra quem duvidou
O que que eles sentem ao ver o que eu virei?
Fica mais um pouco, pode ficar louca
Nada de burrar, Pode botar fogo
E ela nunca para, Doka, a mina tá solta
E ela nunca para, Doka, a mina tá solta, yeah
Sabe que você tá rico, memo assim vai te largar
Sabe parada eu pardo num fico, deixa pros verme falar
Hoje essa noite nós somos o vento
Hoje essa noite nós somos o ar
Drink no copo da gata do Doka
No drink do Doka tem whisky de lá
Uh, yeah

Uh, yeah, onde cê quer ir? (onde cê quer ir?)
Uh, onde cê quer tá? (uh, onde cê quer tá, yeah)
É que eu tô vendo cê descer (que eu tô) vendo cê me olhar
Yeah, yeah, yeah, yeah
Madame, madame, madame
Onde cê quer ir? (onde cê quer ir, yeah, yeah)
Uh, onde cê quer tá? (uh, onde cê quer tá, yeah)
É que eu tô vendo cê descer
Tô vendo cê me olhar, yeah (yeah, yeah)

Onde cê quer ir?
Uh, onde cê quer tá, yeah, yeah
É que eu tô vendo cê descer
Eu tô vendo cê me olhar
Gostosa


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Sidoka Ouvir