restaurar

Três Lados

Skank

Álbum: Três Lados

Compositor:Samuel Rosa / Chico Amaral

Escutei alguém abrir os portões Encontrei no coração multidões Meu desejo e meu destino brigaram como irmãos E a manhã semeará outros grãos Você estava longe, então Por que voltou Com olhos de verão Que não vão entender? E quanto a mim, te quero, sim Vem dizer que você não sabe E quanto a mim, não é o fim Nem há razão pra que um dia acabe Cada um terá razões ou arpões Dediquei-me às suas contradições, fissões, confusões Meu desejo, seu bom senso, raivosos feito cães E a manhã nos proverá outros pães Os deuses vendem quando dão Melhor saber Seus olhos de verão Que não vão nem lembrar E quanto a mim, te quero, sim Vem dizer que você não sabe E quanto a mim, não é o fim Nem há razão pra que um dia acabe Somos dois contra a parede e tudo tem três lados E a noite arremessará outros dados Os deuses vendem quando dão Melhor saber Seus olhos de verão Que não vão nem lembrar E quanto a mim, te quero, sim Vem dizer que você não sabe E quanto a mim, não é o fim Nem há razão pra que um dia acabe

comentário Deixe seu comentário

Máximo de 140 caracteres

 

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.