×
Corrigir

Rato Cinza

Unidade Armada

Onde cê vai moleque?
É mão pro alto e larga o beck
Nem a havaiana no pé do pivete mexe comigo
Levanta a camiseta até o umbigo, tá limpo
Aonde você vai?
Pra onde foi?
Vou te mostrar com quantos paus que se mata um boi

Sangrando na calçada
O silencio é sua única arma
E eu nessa roubada
Mano que furada
Com os ratos de farda
E eu sangrando na escuridão

Rato cinza, rato cinza
Armam a campana e te esperam na esquina
Rato cinza rato cinza
Sempre na múquia por trás da neblina
Rato cinza, rato cinza
Armam a campana e te esperam na esquina
Rato cinza rato cinza
Sempre na múquia por trás da neblina

Os ratos de hoje em dia
Falam grosso e tem cara de mau
Seu bafo de uísque imundo
Vale menos, menos que um real

Rato cinza, rato cinza
Armam a campana e te esperam na esquina
Rato cinza rato cinza
Sempre na múquia por trás da neblina
Rato cinza, rato cinza
Armam a campana e te esperam na esquina
Rato cinza rato cinza
Reviram sua mochila e é só soco na barriga

Composição: Regino Jr, Caio, Zé, Bruno






Mais tocadas

Ouvir Unidade Armada Ouvir