restaurar

Vontades

Valéria Sotão

Saudade dá e passa
Mas não vejo essa passar
O teu caminho perpassa
Onde o meu há de chegar

Pra quê tanto controle?
Disso tudo eu abro mão
Eu preferiria que o destino fosse
A vontade do Universo então

A gente ainda não riu o suficiente junto
A gente ainda não sentiu o gosto do Nirvana junto
A gente sequer fugiu pra Pasárgada junto
A gente não se uniu pra enfrentar o medo junto

Vontade dá e passa
Mas não vejo o fim dessa aqui
O nosso caminho se enlaça
Vejo muito de você em mim

Pra quê tanto controle?
Disso tudo eu abro mão
Eu preferiria que o destino fosse
A vontade do Universo então

A gente ainda não riu o suficiente junto
A gente ainda não sentiu o gosto do nirvana junto
A gente sequer fugiu pra Pasárgada junto
A gente não se uniu pra enfrentar o medo junto

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.