restaurar

Getulio e o Amor

Velho Azul-Marinho

Getúlio disse que não ia
Fazer suas caminhadas matinais
Eu achei normal

Getúlio disse que não sentia fome
E não queria tomar café
Eu deixei passar

Passou o dia mal-humorado
Feito um urso amargurado e só
Eu não entendi

Mas quando ela apareceu
Vi seus olhos começando a brilhar

Eu vi Getúlio
Ali parado e sem ação
Só batendo o coração
Percebi que ali nascia o amor

Getúlio disse que se sentia estranho
Por seu corpo formigar
Começou a amar

Getúlio me fez parecer inútil
Eu não podia lhe ajudar

Eu vi Getúlio

Getúlio então tomou coragem e foi na mesma hora
Encontrar sua amada, por o sentimento pra fora
E ela, com um olhar confuso, desconversou
Sorriu se levantou então foi embora
Todo texto decorado foi em vão
O vazio no lugar do coração

Eu vi Getúlio

Eu vi Getúlio
Ele disse que minha canção precisava melhorar
E perguntou até que ponto eu queria chegar

Composição: Renato Costa / Felipe Lima / Diogo Pires

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.