×

Corrigir

Caderninho

Vitão

Desde moleque, sim, sempre foi o amor
Um dos problemas que o meu caderninho mais escutou
Mas não vale a pena
Diz que eu sou problema pra você
Desse jeito é mais fácil de se entender
Morena, vai pra longe de mim
Deixa a saudade piar
Qualquer hora a gente vai se encontrar
Mas não deixe que eu fale sobre sentimento
Se eu começo a falar, falar, falar, perco quase todo o meu tempo
Sumo na neblina e o corpo fica em brasa
Mais quente que Kendrik, eu solto o funk, a gente embrasa
Mas só por uma noite, como dizia o Chorão
Mina, leva, leva tudo, só não leva o meu coração

Mina, cê me deixa
Gosto quando cê vem em casa e vaza antes do Sol nascer
Sei que você quer romance
Flores e chocolate, minha erva, meu mate, mate-se de prazer
Você já sabe como eu sou
Amanhã tem show
E depois eu nem sei pra onde vou
Então, mina, cê me deixa
Gosto quando cê vem em casa e vaza
O tempo já te avisou

E, baby, parece que seu moletom ficou aqui
Mas deixa que mais tarde eu uso ele pra dormir
Pô, vai que assim seu cheiro fica na minha pele, né?
E assim cê nem precisa ficar
Mas deixa pra lá
Que eu te quero às 3 da manhã
Mas meu tempo acaba às 6
Isso se tu botar uma roupa
Porque se ficar pelada assim, cê pode ficar mais um mês
É, sei lá, a vida corre, corre como se a gente fosse duas metades de um só
Tipo no filme, na novela, no conto de fada
Na beira da estrada, e a gente tentando soltar esse nó
Baby, parece que seu moletom ficou aqui
Mas deixa que mais tarde eu levo aí pra cê vestir
Baby, parece que seu coração ficou aqui
E eu te deixo com o meu, depois cê pode ir

Mina, cê me deixa
Gosto quando cê vem em casa e vaza antes do Sol nascer
Sei que você quer romance
Flores e chocolate, minha erva, meu mate, mate-se de prazer
Você já sabe como eu sou
Amanhã tem show
E depois eu nem sei pra onde vou
Então, mina, cê me deixa
Gosto quando cê vem em casa e vaza
O tempo já te avisou


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Vitão Ouvir