Acesso

 

E-mail

esqueciSenha

Entrar

Login com o Facebook

Login com o Google

não tem uma conta?
cadastre-se

página inicialx

Oração do Ginete

Xirú Antunes

logo cifrasCifras de Oração do Ginete
Quando a alma de um ginete em oração
Nesta xucra devoção vai enfrentar seu destino
Eu tiro então meu chapéu pra “Senhora Aparecida”
Que é a protetora da vida e minha mãe lá do céu

Que me proteja a senhora neste ofício de peão
Que o limite seja o chão num escarcéu barbaresco
Terra, mundo e algum retovo e se carrego um pecado
Deus me dê um desbocado pois vim alegrar meu povo

E quando numa toada, dessas que um taura se plancha
De um maula pedindo cancha se batendo nos meus ferros
Até me perco na rima nesse bailado de morte
E um índio brinca co'a sorte se um louco vier por cima

Então “Senhora dos Campos”, eu te peço tua benção
Cuide da vida de um peão pois eu não quero mais nada
Somente esse meu anseio de montar noutro rodeio
Pra uma nova gineteada.

nanynha

Reportar Letra Repetida | Corrigir? Letra enviada por nanynha em 2/28/2009

Envie sua tradução!Traduzida para Inglês por ninguém

Envie sua tradução!Traduzida para o Espanhol por ninguém

 Reportar letra repetida Corrigir letra errada

140 caracteresO que você acha dessa música?

 

 

Quem ouviu este artista

Você sabia?

Xirú Antunes ainda não tem nenhuma curiosidade cadastrada. Envie uma curiosidade sobre Xirú Antunes agora.

Wallpapers

Envie um Wallpaper de Xirú Antunes e ganhe pontos! Clique aqui. achar ver top wallpapers enviar um wallpaper

Enquete

Ganhe pontos!

outras enquetes

©2016 Petaxxon Comunicação Online