restaurar

Letra - Um abraçaço

Caetano Veloso

Dei um laço no espaço, Pra pegar um pedaço, Do universo que podemos ver. Com nossos olhos nús, Nossa lentes azuis, Nossos computadores luz. Esse laço era um verso, Mas foi tudo perverso, Você não se deixou ficar. No meu emaranhado, Foi parar do outro lado, Do outro lado de lá, de lá. Ei! Hoje eu mando um abraçaço... Ei! Hoje eu mando um abraçaço... Ei! Hoje eu mando um abraçaço... Ei! Hoje eu mando um abraçaço! Um amasso, um beijaço, Meu olhar de palhaço, Seu orgulho tão sério... Um grande estardalhaço, Pro meu velho cansaço, Do eterno mistério. Meu destino não traço, Não desenho, disfarço, O acaso é o grão-senhor. Tudo que não deu certo, E sei que não tem conserto, No silêncio chorou, chorou... Ei! Hoje eu mando um abraçaço... Ei! Hoje eu mando um abraçaço... Ei! Hoje eu mando um abraçaço... Ei! Hoje eu mando um abraçaço... Ei!

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.