×
Espanhol
Corrigir

Abril

Voltamos a estaca zero então, como se o tempo nos dissesse não
e o vento leva nossos sonhos pelas brexas de nossas mãos
talvez seja melhor fingir, quando ninguém parece ouvir,
o som das lágrimas que caem sobre a chuva fina de abril.
Pode parecer que não tentamos o bastante, não é fácil ir adiante, nem tão fácil estar aqui, vamos correr a vida ainda é tão grande.
E Leva os nossos pés pra um lugar distante
tão longe de onde as mãos podem tocar
nos faz querer trocar tudo por um instante, e quem sabe o verão possa voltar.
Não tente se culpar assim, palavras são só palavras no fim
e o olhar se perde ao longe quando não há motivos pra sorrir
talvez seja melhor fugir, não encarar o dia que insiste em vir
E como as folhas no outono, deixo você livre pra seguir
Pode parecer que não tentamos o bastante, não é fácil ir adiante
nem tão fácil estar aqui, vamos correr a vida ainda é tão grande
Leva os nossos pés pra um lugar distante, tão longe de onde as mãos podem tocar
nos faz querer trocar tudo por um instante, e quem sabe o verão possa voltar.
Quando a luz é pouca, a vista é curva,
e o perigo antes da curva, você reza para tudo terminar
de um jeito que o verão possa voltar
E Leva os nossos pés pra um lugar distante
tão longe de onde as mãos podem tocar
nos faz querer trocar tudo por um instante, e quem sabe o verão possa voltar.


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Darvin Ouvir