×

Corrigir

Caminho Das Pedras

Emílio Victtor

Vou abrindo o meu caminho
Como o rio que brotou
De pequenas fontes limpas
Que teceu e desvendou
O mistério de andar junto
Ser um todo e ser um só
Tantas mãos que vão comigo
Tantas vozes na minha voz
As palavras de um amigo
Tornam o rio mais veloz

Onde passo, passo rio
Levo pedras, lavo o pó
E são pedras preciosas
Ansiosas por brilhar
Onde passo, passo sonho
Levo vida, lavo o chão
Levo água cristalina
Para surpreender o mar

No caminho vou abrindo
A flor que quase secou
Nos moinhos vou girando
A mente que estancou
No abismo mais profundo
De estar livre e estar só
Tantas mãos que se perderam
Tantas vozes já sem voz
Se entrelaçam novamente
Superando o seu algoz


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Emílio Victtor Ouvir