restaurar

Letra - Barrabás

Gerson Rufino

No fundo de uma cela fria Estava eu e a solidão Alegria tinha ido embora eu esperava a hora da execução O pranto molhando o meu rosto E eu revendo os meus pecados me vi num beco sem saída pois durante a vida eu fiz tudo Errado.... Eu sofrendo ali desesperado chegou um soldado tirou as correntes e falou pra mim Você vai se livrar da morte é seu dia de sorte você pode ir e ele disse vai em Paz você não tem mais nenhum motivo pra ficar... Outra Pessoa vai morrer em seu lugar.. Refrão: Eu era o Criminoso e Ele era sem Pecado. Eu estava sendo solto Ele sendo Condenado. Eu era a malícia e Ele era sem Maldade. Eu era a Mentira e Ele era A Verdade Eu estava em plena Guerra Ele me trouxe a paz.. Ele era Jesus Cristo. E eu era Barrabás!!! Eu sofrendo ali desesperado chegou um soldado tirou as correntes e falou pra mim Você vai se livrar da morte é seu dia de sorte você pode ir e ele disse vai em Paz você não tem mais nenhum motivo pra ficar... Outra Pessoa vai morrer em seu lugar.. Refrão: Eu era o Criminoso e Ele era sem Pecado. Eu estava sendo solto Ele sendo Condenado. Eu era a malícia e Ele era sem Maldade. Eu era a Mentira e Ele era A Verdade Eu estava em plena Guerra Ele me trouxe a paz.. Ele era Jesus Cristo. E eu era Barrabás!!!

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.