restaurar

Letra - Ela E a Lua

Gilberto Gil

Este luar que inspira poesia É como um sopro de paz e ternura É como um rasgo de afeto e doçura Para uma alma tão triste e vazia Traz à noite sublime enlevo e calma Em seu fluxo pálido e brilhante Vem com seu bálsamo leve, inebriante Acariciar e confortar minha alma E minha alma é tão triste e tão nua Por causa dela, amor de minha vida Por ela, sim, minha doce querida Que era também tão bela como a lua! Ela e a lua, poemas de carinhos Cantos de afeto, de candura e paz Eu e a saudade, companheira mordaz Eu e a saudade, tristonhos, sozinhos

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.