×

Corrigir

Sol da Manhã

Jairo Lambari Fernandes

Ver amanhã nos teus olhos
refletidos amor...
da natureza e inudar
o rancho de luz

é provar meus mates
bebendo dos lábios teus
agradeço a deus com um largo
sinal da cruz
o sol se achega
pra aquecer nossos sonhos de dois

pequeno é o racho
pra tantos que eles são
e mirrar o campo em mais um
mate a imaginar
crianças a brincar junto a sombra do galpão

e me encontrei assim perdido no teu olhar
num sorriso que me basta pra gostar da vida
se for pecado amar de mais
nós ja não temos saida

Traz amanhã toda a paz
de se matear na varanda
traz o teu cheiro
pelo vento la do jardin

busco a verdade num olhar
de quem sabe o que quer
que se puder faz o dia
morrer em mim...

renasce rente
de um beijo de amor verdadeiro
e o rancho inteiro floriu
como jamais havia
primavera flor mais linda
amor da minha vida

tu és manhã florecida
pra o calor de um lindo dia

e me encontrei assim perdido no teu olhar
num sorriso que me basta pra gostar da vida
se for pecado amar de mais
nós ja não temos saida.


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Jairo Lambari Fernandes Ouvir