×

Corrigir

Faca de Papel

João Black

Foi assim que tudo aconteceu
Era manhã de domingo
Saiu cedo, um bilhete, nem me disse adeus
E o céu estava sorrindo

Saiu louca sem avisar é o que disseram
Eu morreria para poder te encontrar
Eu tentei segurar mas não deu

Saiu louca sem avisar é o que disseram
Eu morreria para poder te encontrar
Eu tentei te amar, não valeu

Um pecado, anjo louco
Um bobo da corte ao teu dispor
E você nem me viu

Um pecado, anjo louco
Um comediante sem valor
E você nunca riu

Saiu louca sem avisar é o que disseram
Eu morreria para poder te encontrar
Eu tentei segurar mas não deu

Saiu louca sem avisar é o que disseram
Eu morreria para poder te encontrar
Eu tentei te amar, não valeu

Seu bilhete, a faca de papel
Vejo um arranha-céu, um sol, um, bis, um gis, um beija-flor guiando nosso sonho em base(?) de isopor

Saiu louca sem avisar é o que disseram
Eu morreria para poder te encontrar
Eu tentei segurar mas não deu

Saiu louca sem avisar é o que disseram
Eu morreria para poder te encontrar
Eu tentei te amar, não valeu

Seu bilhete, a faca de papel
Vejo um arranha-céu, um sol, um, bis, um gis, um beija-flor

Composição: João Soares


Veja também



Mais tocadas

Ouvir João Black Ouvir