×

Corrigir

Melissa

João Black

Melissa fugiu da casa dos seus pais
Sem olhar pra trás, muito nova ainda
Decidiu buscar seus ideais
Encontrar lá fora o que nunca vira
Poder voar em paz com seus balões
Quem sabe tocar a estrela de sua mãe

Mas nunca sem passar pra me buscar
Fiel escudeiro da mulher amada
Dizia gostar de me ouvir tocar
E eu pensando que deixei em casa
O que será de mim sem meu chapéu?
E quem contará histórias de cordel?

Beija-flores nunca voam com medo
É só se soltar, melissa
Beija-flores nunca voam com medo
É só se soltar, melissa
No cemitério das dores
Ela contou seus segredos
Quem não supera os seus medos
Não aprende a voar
Melissa disse que já viu Deus deitado na sala de estar
E que ele lhe convidou pra tomar uma xícara de chá

No cemitério das flores
Ela contou os seus medos
Quem não supera os segredos
Não aprende a voar
Melissa disse que já viu Deus deitado na sala de estar
E que ele lhe convidou estendendo a mão pra dançar

Beija-flores nunca voam com medo
É só se soltar, melissa
Beija-flores nunca voam com medo
É só se soltar, melissa
Melissa tinha luz nos olhos
De quem ama o mundo e seus mistérios
E ainda diz que vai morrer de amor
Melissa está em paz sob o céu azul com seus balões

Composição: João Black


Veja também



Mais tocadas

Ouvir João Black Ouvir