×

Corrigir

Boca

Liniker e os Caramelows

E na boca, aqui dentro de mim, tudo buzina
Eu acordo de manhã, faxinando o coração
Que atravessa a esquina
Rumo à padaria dos meus sonhos
Que serve aquele detox
E o garçom de rosa choque
Sorri como quem já te beijou

Senhor, eu peço um pouco mais de calma
Quanta alma mergulhada em devoção
Aceito que para a vida, eu vou com calma
Tanta gente panicada, meu tempo de boa é bom

Não assinei contrato algum, eu vou ser livre e já me basta
Já fiquei em tanta praça rodando que nem pião
Chega, coração faz festa, minha boca manifesta
Teu suingue me detesta e eu não te ouço


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Liniker e os Caramelows Ouvir