×

Corrigir

Textão

Liniker e os Caramelows

Então
Eu queria te pedir uma coisa
Não se trepa em 15 minutos

Adulto faz pra provocar o oco
Morar no desgosto, mas gosta da cena
Crema, para na poeira teu sabor de existir
De gozar na paz, encharcar o vão da virilha
A caminho daquele vezinho vesúvio que vira poça na cicatriz

Não se trepa em 15 minutos
Pois até charutos precisam de tempo aceso pra queimar
Pois até as 3h, tem papo de vinho e seda, é pra tocar

Não se trepa em 15 minutos
Porque expectativa muitas vezes não se cria só
Antes que ela aconteça, tem choro na cama, troca de pijama
Tem olho que, enquanto eu passo o café, me chama, declama
Derrama malandramente o caule, o broto, o estopo de ser e estar

Não se trepa em 15 minutos, não foge, não viva de susto
Pedala e, se dói, te cutuco
Se atrela, me morde no muco


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Liniker e os Caramelows Ouvir