restaurar

Letra - Canaã

Luiz Gonzaga

Por que cantar tanta tristeza? Me pergunta com firmeza Gente alegre de riqueza Que Deus quiz pro lá de cá Pra essa falsa realeza Que nem sabe com certeza Que tá tem uma princesa Vou de novo explicar Cabe a mim, lei do destino Responder o destino Já que a saga do norte ofendido Fui eu que cantei Quando um dia com o povo A viola eu afinei E com mote, tristeza é pobreza Eu rimei... Minha lira, que a face de norte mudou E eu mudei Asa Branca, Assum Preto, Acauã Me ajudem de novo a cantar E dizer que num é só tristeza O que tem o sertão a mostrar Que o caboclo que tanto sofreu E caído, viveu pra sonhar Amanheçer dentro de Canaã Sem sair de seu próprio lugar Tem agora não só a esperança Mas certeza de se levantar Eis porque eu voltei a cantar Vejam todos, não há tristeza Na viola que eu passo a tocar Canaã, que alegria te encontrar Canaã, Canaã, Canaã

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.