restaurar

Cantiga De Vem-vem

Luiz Gonzaga

Vivo sempre escutando A cantiga de vem-vem Quando ouço ele cantando Penso ser você que vem Fico de ôio no caminho Por fim não chega ninguém Ai, ai, ai Por fim não chega ninguém } bis Quando perco a esperança Parece uma tentação Me sento lá no terreiro Escoro o rosto com a mão Sem plano, pobre coitado Fazendo risco no chão Ai, ai, ai } bis Fazendo risco no chão Tá vendo, meu bem tá vendo Como é doce querer bem Faz inté levar em conta A cantiga de vem-vem Ai, ai, ai } bis A cantiga de vem-vem

comentário Deixe seu comentário

Máximo de 140 caracteres

 

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.