restaurar

Chico Valente

Luiz Gonzaga

No interior das Alagoas Num lugar prá lá de quente } bis Pro lugar ficar pior Nasceu Chico Valente Desde menino sempre foi danado Deixava o povoado sempre em confusão Na escola não foi, nem passou por perto Dizia que o mundo não estava certo Falar bonito pra viver na roça Morar só em palhoça e dormir no chão Também quem é filho de Anacleto Já assina o nome, não morre analfabeto } bis No interior das Alagoas Num lugar prá lá de quente Pro lugar ficar pior Cresceu Chico Valente } bis No pau de fogo se formou Foi doutor em valentina Meio mundo enfrentou Ninguém lhe desmentia Por certo dia viu em seu caminho A flor mais perfumada lá da região Falou de amores, seguiu sorrindo Os passos aflitos de Conceição Moça bonita, jóia prometida Para enfeitar a vida de um seu doutor E assim enfrentou pela vez primeira Outro valente que lutou pelo seu amor No interior das Alagoas Num lugar pra lá de quente } bis Pro lugar ficar melhor Morreu Chico Valente

comentário Deixe seu comentário

Máximo de 140 caracteres

 

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.