restaurar

Letra - Engabelando

Luiz Gonzaga

A gente se namora Desde o tempo de criança Ainda guardo na lembrança Quando a gente se via Era aquela agonia Me pegue e me toque Até amanhecer o dia Essa alegria Ainda é do mesmo jeito Ela vive no meu peito O que é bom não se abandona Não se abandona, não se abandona Quem é quem num se engabela Nos botões de uma sanfona Nos botões de uma sanfona } bis Por isso eu gosto dela Arrepiado por ela Pra todo canto que eu vou Ela também vai de carona Vai de carona, vai de carona Encosto ela no bucho Castigo no repuxo Faço aquele xamego A gente nunca se abandona Não se abandona, não se abandona Quem é que num se engabela Nos botões de uma sanfona Nos botões de uma sanfona } bis

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.