restaurar

Letra - Jogo De Damas

Roberto Carlos

Álbum: Jogo de Damas

Compositor:Isolda; Milton Carlos

Eu sei da sua vida e do seu passado De um tempo perdido, irrecuperado Eu sei da poeira De todos os seus passos Das suas trapaças, dos seus abraços. Eu sei da sua fama e dos seus amores Das suas proezas, Dos seus dissabores Da cor da sua roupa, Do seu pouco valor Você nessa vida foi só desamor. Dama, hoje alguém que te engana Te veste de santa Não sabe porque Te pisam, te xingam Ignoram a mulher Não sabem que a dama Existiu outro dia Hoje a dama não passa De pedra perdida Te veste de santa, Não sabe porque Te pisam, te xingam, Ignoram a mulher Não sabem que a dama Existiu outro dia Hoje é pedra perdida Conheço as paredes Que guardavam segredos E ações que por si Não cobriam seus medos A sua missão, as suas vontades Razões que confirmam As duras verdades. Eu sei hoje em dia da sua vergonha De olhar quem te olha, Responder quem te chama Pra quem te conhece você é vulgar Pra quem nunca te viu Hoje quer te amar.

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.