×

Corrigir

Benção Pai, Benção Mãe

Teodoro e Sampaio

O que será do futuro, geração dos netos meus
A juventude perdida,
Nas drogas e nas bebidas, só milagre, só por deus.
É filho matando o pai, é neto matando o avô
É o ódio que amordaça
E a cada dia que passa esta se arrochando nós.

O filho grita com a mão, manda o pai clara a boca
É um desrespeito total essa humanidade louca
Lá perto da minha casa vi uma cena tão nojenta
Um filho pro pai dizer
Eu não pedi pra nascer agora você me aguenta.

Benção pai, benção mãe é uma frase quase extinta
Só se ouve pedir benção os que passaram dos trinta.
Ninguém respeita o idoso do jeito que ele merece
Esquecido e maltratado
Quase sempre abandoado depois que ele envelhece

Ninguém respeita o idoso a verdade é nua a crua
O velho é maltratado
Sofrido e escorraçado bem pior que cão de rua
Vi no jornal da TV asilo escravatura
Idoso nas mãos insanas
Em condições sub-humanas na fome e na tortura.


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Teodoro e Sampaio Ouvir