×
Espanhol
Corrigir

Amor Atravessado

Xiru Missioneiro

A minha mulher hoje amanheceu azeda
Com as guampas torta, só ralhando com os guri –
Por que eu sai anteontem , por que eu vim agora cedo
Ela tá puta da cara, quer saber onde eu dormi.
Menti pra ela que encontrei com uns parceiros
Mais a beiçuda não me deixa nem falar –
Virou as panelas, tá quebrando tudo os pratos
Sai pra frente grita alto, prometendo me deixar.

China dengosa tu tá ficando baldosa
Eu vou te dar uma grosa que é pra mode te ajeitar –
Depois te pinta que eu te quero bem bonita
Por que hoje de noitezita eu ainda quero te ocupar.

Há muito tempo tu faz que vai, mas não vai
Depois se amansa e volta me acariciar –
E por que sabe que os homens bom tão escasso
E um bonitinho que nem eu não vai achar.
Refresca a cuca e dá um jeito nessa cara
Vai tomar um banho jogue esse azedume fora
Por que se tu seguir aporinhando o saco
Eu junto os trapo, faço a trouxa e vou embora.

Me ronca as tripas e só escuto um rumor de baile
Me dá uma sopa que uns três dias eu vou dormir
Não faz barulho e cuida bem da gurizada,
Me esqueça um pouco faz de conta que eu morri.
Passa minha roupa, ajeita bem o colarinho
Que eu durmo um pouco depois tenho que sair,
A tia Quitéria, vai passar uns dias fora
E eu vou ficar capangueando a Juvelina.

Nesses três dias enquanto eu tiver dormindo
Se algum amigo, comigo quiser falar –
Faz o favor e mente pra ele que tô doente
Que tô de enxaqueca e não posso me resfriar.
Diz que no mundo tem sete pra cada lado,
Mandamento bueno, este sim foi Deus que faz
Faz muito tempo que tô amontoado contigo
Já tá na hora de eu achar as outras seis.


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Xiru Missioneiro Ouvir