Um Novo Tempo

Marco Aurélio

Olhe o deserto que estas a viver, pois os frutos não produzem mais e a semente que você plantou junto à fonte já se secou. A enfermidade em tua porta bateu e o problema já se apoderou, mas você insiste na porta bater e, batendo, clamando está. Um novo tempo, um novo tempo, um novo tempo, meu Deus eu sei que virá. Mas olha os profetas que Deus levantou neste tempo p'ra profetizar. Desperta, desperta, se revista de glória porque assim diz o Senhor: “Sacode o pó, levanta, te assenta, ó povo de Jerusalém.” Deus determinou a vitória em tua vida, agora tu podes cantar. Eu sou o Senhor, teu Deus, que agito o mar de modo que Bramem as suas ondas. O Senhor dos exércitos é o meu nome. Eu ponho as minhas palavras na sua boca e te protejo com a sombra da minha mão. Eu estendo novos céus e crio nova terra, e digo a Sião: “Tu és o meu povo. Despertai, despertai, esse é o teu tempo!” E os lugares, antes desertos, exultarão e florescerão. No arraial, num brado de vitória, um cântico se ouvirá.

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe