restaurar

Letra - Frevo Diabo

Chico Buarque

Compositor:Edu Lobo - Chico Buarque

É bom, é brabo, é o frevo Diabo no corpo, torto, corpo Pára mais não Fogo no rabo de qualquer cristão Solta o frevo diabo e adeus procissão Pelo sinal da santa cruz pandemônio No dia da padroeira Não tem romeira, tem, são morenas Não tem novenas, diabo, a gente é feliz Não tem sermão, tem não, tem orquestra E cana, e briga, e fogo, e festa Na matriz É o barro, o berro na garganta Olha a ginga da santa Devagar com o andor Meu corpo já não sabe o que faz, Satanás Diz pra parar, que eu já não posso mais Diz pra parar, faz um pouco mais Faz o Diabo Hoje é que eu me acabo, meu irmão É para pular, não, para parar, para bulinar Não, para parar, para arrebentar Frevo diabo Hoje é que eu me acabo, meu irmão

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.