restaurar

Letra - Um Chorinho

Chico Buarque

Álbum: Um Chorinho

Compositor:Chico Buarque

Ai, o meu amor, a sua dor, a nossa vida Já não cabem na batida Do meu pobre cavaquinho Ai, quem me dera Pelo menos um momento Juntar todo sofrimento Pra botar nesse chorinho Quem me dera ter um choro de alto porte Pra cantar com a voz bem forte E anunciar a luz do dia Mas quem sou eu Pra cantar alto assim na praça Se vem dia, dia passa E a praça fica mais vazia Vem, morena, Não me despreza mais, não Meu choro é coisa pequena Mas roubado a duras penas Do coração Meu chorinho Não é uma solução Enquanto eu cantar sozinho Quem cruzar o meu caminho, não pára não Mas eu insisto E quem quiser que me compreenda Até que alguma luz acenda, este meu canto continua Junto meu canto a cada pranto, a cada choro Até que alguém me faça coro pra cantar na rua Junto meu canto a cada pranto, a cada choro Até que alguém me faça coro pra cantar na rua

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.