restaurar

Gólgota

Eula paula

Lá no caminho do gólgota vejo sofrendo O meu amado Jesus a caminhar Pesada cruz em seus ombros ali vai gemendo Não tendo alguém ao seu lado pra lhe amparar Vejo com olhos da fé os seus passos na areia Vejo o lugar da caveira a lhe esperar Vejo pregado na cruz com olhar de ternura Orando e dizendo ao Pai: consumado está Deus, o seu Pai lá do céu, atônito olhando Vendo com dor o seu filho ao calvário subir Tinha poder de livrá-lo daquela amargura Mas era mister nessa hora a escritura cumprir Como um cordeiro de Deus, não abriu sua boca E ao matadouro subiu sem reclamar Formosura nenhuma havia em seu rosto Pisado por nossos pecados sem nunca pecar

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.