×

Corrigir

Pai De Doze Filhos

Jacó e Jacozinho

Vida de solteiro é doce
Namorando as meninas
Vida de casado é amarga
Que parece chá de quina,
Solteirinho vai nas festas
Vai cheirando brilhantina
O casado também vai
E a mulher determina,
O rapaz depois que casa
É fogo na buzina.

Muito tempo fui solteiro
Eu andava divertindo
Hoje em dia sou casado
Dentro da Lei do Divino,
Pra dar conta do recado
Ando pra corda do sino
Com a minha filharada
Minha vida vou seguindo,
Eu sou pai de doze filhos
Seis menina e seis menino.

Quando eu vou fazer compra
A mulher ta insistindo
Trás camisa pro Pereira
Uma calça pro Jovino,
Um chapéu pro Sebastião
Par de meia pro Rufino
Trás sapato pro Zezinho
Uma cinta pro Firmino,
Pra você uma ceroula
E pra mim um pente fino.

Uma saia pra Isabel
Uma blusa pra Jorgina
Trás sandália pra Maria
Um saiote pra Idalina,
Um vestido pra Tereza
Um sutiã pra Justina
Um vidrinho de perfume
Pra mim passar nas meninas,
Pro novinho que vem vindo
Trás também flanela fina.

Casamento é compromisso
Guarde isso na lembrança
Quem casou tem que agüentar
O peso da aliança,
Minha esposa é um tesouro
Meus filhos é minha herança
Gosto de minha mulher
Gosto das minhas crianças,
Se nascer mais meia dúzia
Não faz mal, não tem importância.




Veja também



Mais tocadas

Ouvir Jacó e Jacozinho Ouvir