restaurar

Diamante da Lama

Nego do Borel

Nascido, nascido no berço, detido Eu soltei o meu grito, um grite de humilde, bacana Sou mais um diamante retirado do meio da lama Agradeço a Deus por ser escolhido no meio de um montão Agradeço vovó, agradeço você, Sebastião Brilha em mim, sol Vai, desce o champanhe Tentei no futebol, e quem me levava era a minha mãe Num campinho cheio de buraco Sem chuteira, vestindo um sapato Era brabo, era brabo, era brabo Um menininho muito pobrinho que só sabia pensar em bumbum A menina muito riquinha que não olhava de jeito nenhum Hoje, um dia o menino cresceu, e a menininha joga o bumbum Joga o bumbum, joga o bumbum "Graças a Deus o Leno Maicon Viana Gomes cresceu. " Olha só como o bonde tá, olha só, eu tô bem de vida Olha só a Mercedez benz, olha só, olha a Captiva Olha só, eu tô rindo a toa, olha só, só tem mulher boa Olha só a minha coroa Olha só como o bonde tá, olha só, eu tô bem de vida Olha só a Mercedez benz, olha só, olha a Captiva Olha só, eu tô rindo a toa, olha só, só tem mulher boa Olha só, a minha coroa, olha só, é só cabelo que voa Olha só, olha só, olha só

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.