×

Corrigir

Ardente Sinfonia

Tati Monteiro e Rodrigo Pinheiro

A tua voz me sussurrou, mas eu deixei pra depois
Era cedo demais
O teu mistério me encantou não sei dizer o que foi
Que me fez ir atrás
Mas era tão sincero que eu pude sentir tuas mãos em mim
Me agarrando, me tocando, me levando até o fim

O teu sentido me mostrou pra onde devo seguir
Ainda demorei pra ir
O teu instinto me atacou e eu não pude fugir
Me entreguei sem mentir
E naquele instante o encanto se fez
E eu não vou esquecer do momento em que você me teve a primeira vez

Simplesmente, indecente
Sem licença arrancou meus anéis
E eu refém me joguei aos seus pés
Nossos corpos tocaram na mesma sintonia

O teu som me despiu sem pudor
Minha pele fervendo de amor
Nossas notas soando uma ardente sinfonia

Num estranho descontrole eu me perdi por querer
Pra me achar em você
Na angustia do silêncio a tua ausência é a dor
Teus acordes meu ar
E a partir desse encontro a melodia nasceu
Nossas vozes, nossas almas, uma orquestra você e eu

Simplesmente, indecente
Sem licença arrancou meus anéis
E eu refém me joguei aos seus pés
Nossos corpos tocaram na mesma sintonia

O teu som me despiu sem pudor
Minha pele fervendo de amor
Nossas notas soando uma ardente sinfonia

Composição: Rodrigo Pinheiro/ Tati Monteiro


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Tati Monteiro e Rodrigo Pinheiro Ouvir