×

Corrigir

Inspiração

Tati Monteiro e Rodrigo Pinheiro

Brota feito pensamento e foge entre os dedos como água do mar
Luz que dá brilho ao momento, invade por dentro e se deixa levar
Marcas de um tempo passado no papel se deixando escrever
Nuvem que vem lá de fora
Se não é passageira então deixa chover

Força que vem da memória e como história se faz canção
Fala que eu ouço com a alma o som do acorde de um violão
Sonhos que vivem guardados na cabeça de um compositor
Um coração maltratado
De um poeta um passado repleto de amor
Alma liberta de um corpo que escolhe um caminho só seu pra trilhar
Noites em claro e dias inteiros em frases soltas pelo ar
Representar num retrato cantado a vida que o tempo já fez passar

Vento que sopra pro mundo o que num segundo alguém vai cantar
Chave que abre os mistérios de um universo tão particular
Letras e sons que se jogam levando amor pra quem se permite amar
Alma liberta de um corpo que escolhe um caminho só seu pra trilhar
Noites em claro e dias inteiros em frases soltas pelo ar
Representar num retrato cantado a vida que o tempo já fez passar

Vento que sopra pro mundo o que num segundo alguém vai cantar
Chave que abre os mistérios de um universo tão particular
Letras e sons que se jogam levando amor pra quem se permite amar

Composição: Rodrigo Pinheiro


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Tati Monteiro e Rodrigo Pinheiro Ouvir