restaurar

Maria Louca

Pena Branca e Xavantinho

Lá se vai a louca Deslizando nos trilhos de aço Sobe a serra vencendo o cansaço Seu apito é um grito de dor Maria fumaça Eu queria contar sua história Teu passado de luta e glória Que o tempo consigo levou No meio das campinas Maria fumaça Tocando o teu sino Orgulhosa passa Venha na caldeira Que o maquinista saldando a paisagem Telegrafista mandando mensagem Mais uma apito, mais uma estação Fazendo barulho Lá se foi a maria fumaça Levou consigo alegria da praça E pra trás deixou a solidão No meio das campinas Maria fumaça Tocando o teu sino Orgulhosa passa

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.