restaurar

Letra - Couro De Boi

Pena Branca e Xavantinho

"Conheço um velho ditado que é do tempo do Zé Gaio Diz que um pai trata dez filhos, dez filhos não trata um pai Sentindo o peso dos anos sem poder mais trabalhar O velho peão estradeiro com seu filho foi morar O rapaz era casado e a mulher deu de implicar Você manda o velho embora se não quiser que eu vá E rapaz coração duro com seu velho foi falar": Para o senhor se mudar meu pai eu vim lhe pedir Hoje aqui da minha casa o senhor tem que sair Leva este couro de boi que eu acabei de curtir Pra lhe servir de coberta onde o senhor dormir O pobre velho calado pegou o couro e saiu Seu neto de oito anos que aquela cena assistiu Correu atrás do avô seu paletó sacudiu Metade daquele couro chorando ele pediu O velhinho comovido pra não ver o neto chorando Partiu o couro no meio e ao netinho foi dando O menino chegou em casa, seu pai foi perguntando Pra que você quer este couro que seu avô ia levando Disse o menino ao pai um dia vou me casar O senhor vai ficar velho e comigo vem morar Pode ser que aconteça de nós não se combinar Esta metade do couro vou dar pro senhor levar.

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.