Acesso

 

E-mail

esqueciSenha

Entrar

Login com o Facebook

Login com o Google

não tem uma conta?
cadastre-se

página inicialt

Mão Do Tempo

Tião Carreiro

logo cifrasCifras de Mão Do Tempo
Na solidão do meu peito
O meu coração reclama
Por amar quem está distante
E viver com quem não ama
Eu sei que você também
Da mesma sina se queixa
Querendo viver comigo
Mas o destino não deixa.

Que bom se a gente pudesse
Arrancar do pensamento
E sepultar a saudade
Na noite do esquecimento
Mas a sombra da lembrança
É igual a sombra da gente
Pelos caminhos da vida
Ela está sempre presente.

Vai lembrança e não me faça
Querer um amor impossível
Que o lembrar nos faz sofrer
Esquecer é preferível
O que adianta querer bem
Alguém que já foi embora
É como amar uma estrêla
Que foge ao romper da aurora.

Arranque da nossa mente
Hora distante vivída
Longas estradas que um dia
Foram por nós percorrida
Apague com a mão do tempo
Os nossos rastro

anonimo

Reportar Letra Repetida | Corrigir? Letra enviada por anonimo em 12/16/2008

Envie sua tradução!Traduzida para Inglês por ninguém

Envie sua tradução!Traduzida para o Espanhol por ninguém

 Reportar letra repetida Corrigir letra errada

140 caracteresO que você acha dessa música?

 

 

Músicas de Tião Carreiro

buscarNão achou?

 colabore enviandoA música não está no site?

Quem ouviu este artista

de Elizabeth Você sabia?

Tião ganhou uma viola que havia sido pintada pelo pintor Romeu, da cidade de Araçatubade/SP. A partir de então, Tião se inspirou num dos maiores violeiros da época: Florêncio (João Batista Pinto de Barretos /SP), que cantava em dupla com o Raul Torres (a famosa dupla pioneira "Torres e Florêncio"). Tião Carreiro alguns anos depois recebeu de presente a valiosíssima viola vermelha que pertenceu ao Florêncio.

ver outras curiosidadesenvie uma

Wallpapers

Envie um Wallpaper de Tião Carreiro e ganhe pontos! Clique aqui. achar ver top wallpapers enviar um wallpaper

Enquete

Ganhe pontos!

outras enquetes

©2016 Petaxxon Comunicação Online