restaurar

Rodas Na Praça

Abadá Capoeira

Saudades das rodas na praça Onde eu via meu mestre jogar São Beto Grande, Benguela, Santa Maria Capoeira ia e vinha Sem ter hora pra parar São Bento Grande, Benguela, Santa Maria Capoeira ia e vinha Sem ter hora pra parar Amigo meu me responde aí, me responde aí O que eu vou contar Amigo meu me responde aí, me responde aí O que eu vou contar Você se lembra parece até lenda As rodas na Penha, mas nós tava lá Você se lembra parece até lenda As rodas na Penha, mas nós tava lá Sou testemunha destes tempos idos Fiz esse corrido Que é pra nós lembrar Saudades Saudades das rodas na praça Onde eu via meu mestre jogar São Bento Grande, Benguela, Santa Maria Capoeira ia e vinha Sem ter hora pra parar São Bento Grande, Benguela, Santa Maria Capoeira ia e vinha Sem ter hora pra parar Por trás da mata Quando escurecia A lua surgia pra clarear Por trás da mata Quando escurecia A lua surgia pra clarear Era o sinal que ao findar do dia Berimbau dizia que era pra acabar Meu coração que ainda acalenta Hoje se lamenta ao ouvir cantar. Saudades...

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.