restaurar

Viola De Valdemar

Abadá Capoeira

Lê lê lê lê lê lê

Lê lê lê lê lê lê

Lê lê lê lê lê lê

Lê lê lê lê lê lê



Lê lê lê lê lê lê

Lê lê lê lê lê lê

Lê lê lê lê lê lê

Lê lê lê lê lê lê



Eu fui na Bahia pra tocar

Berimbau do Mestre Waldemar

Eu fui na Bahia pra tocar


Berimbau do Mestre Waldemar



Minha viola

Que eu não canso de tocar

Quando bate uma saudade

De Mestre Waldemar

Eu fui na Bahia pra tocar



Eu fui na Bahia pra tocar



Cada toque um lamento

Parecia solidão

Waldemar levando a vida

Como um simples artesão

Eu fui na Bahia pra tocar



Eu fui na Bahia pra tocar



E hoje eu digo a vocês

E recordo a todos nós

Que quem tem um berimbau

De Waldemar é o Boa Voz

Eu fui na Bahia pra tocar



Eu fui na Bahia pra tocar



Só restaram as histórias

Que o tempo não apaga mais

Cantando na Liberdade

E também na Pero Vaz

Eu fui na Bahia pra tocar



Eu fui na Bahia pra tocar

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.