×

Corrigir

Contradição

Emílio Santiago

Mas agora eu já vou por aí, porque
Não sirvo pra ser de você
E vou por aí, e vou por aí
Não vou não devo mais transar contigo, medo

Agora não dá mais
Já to curtindo o azul, eu sei
Que o tempo vai nos engolindo
Na loucura do amor
Ficar contigo é que eu não vou
Não vem não briga que eu não vou, não vou
Ficar contigo e depois me perder

Agora eu quero paz
Só vou curtindo o azul
Se já não posso mais correr perigo
Mesmo na loucura do amor
Ficar contigo é que eu não vou
Morrer contigo é que eu não vou, não vou
Nessa procura do prazer

Pra que, me possuindo com a dor
Me seduzindo que eu não dou, não dou
Não vou contigo quero te esquecer
Que pavor, de ir contigo com calor
volta pro ninho que eu já tô que tô
Arrependido de me esconder

Mas agora eu já vou por aí, porque
Não sirvo pra ser de você
E vou por aí, e vou por aí
Não vou não devo mais transar contigo, medo

Agora não dá mais
Já tô curtindo o azul, eu sei
Que o tempo vai nos engolindo
Na loucura do amor
Ficar contigo é que eu não vou
Não vem não briga que eu não vou, não vou
Ficar contigo e depois me perder

Nem vem, me possuindo com a dor
Me seduzindo que eu não dou, não dou
Não vou contigo quero te esquecer
Que pavor, de ir contigo com calor
Volta pro ninho que eu já tô que tô
Arrependido de me esconder

Amor, o seu carinho eu não dou,
dum de rum de rum dum de re de dum de rum de rum dum de re

Pavor, de ir contigo com calor
Volta comigo que já tô que tô, dum de rum de rum dum de re.


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Emílio Santiago Ouvir