×

Corrigir

Pavão do Reino

Jacó e Jacozinho

Adeus vales de agua cristalina,
Verdes campinas das invernada
Adeus casa do alto da serra,
A floresta da passarinhada
Com "paxão" e sentimento eu digo :
- Adeus moreninha da feição corada
Minha vida vai ser muito triste
Porque terminei...
Com minha namorada.

Muito tempo eu fui teu amor,
Para mim não me faltava nada
Eu mandava cartinha pra ela,
Recebia resposta selada.
Pois eu tinha prazer quando eu lia
Cartinha escrita por mãos delicada
E conforme a resposta que eu lia
Se eu tava nervoso...
Eu ja dava risada.

Quando era para mim te ver
Enfrentava até chuva pesada
Caminhava tres legua por hora
"Subiando" e cantando na estrada.
Eu saia na sexta de tarde,
Voltava na segunda de madrugada
Pra te ver eu saia contente
Voltava nervoso...
Por deixar minha amada.

Hoje eu vivo "qui nem" um cravero,
No degredo judiado com a geada
Atacado de tanta saudade,
Meu coração da fortes pancada
Hoje em dia eu não caso mais,
Você moreninha que foi a culpada
É impossivel ainda fazer roda
Um pavão do reino...
Com as asas quebradas.


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Jacó e Jacozinho Ouvir