restaurar

Letra - Noite Africana

Lailton Araújo

Certa vez num barco em Moçambique Encontrei um poeta angolano Que me contou momentos de horror na sua nação Também falou verdade africana da revolução Na mídia começa toda a miséria em tom radiante Vejam que impera como baderna a cor morena São Salvador no afoxé que balança americano Forte lembrança dos trabalhadores que Iemanjá Abençoou com seu manto azul e castiçal A doce magia que faz da Bahia um carnaval A boca que canta a formosura da "África-Mãe" Sempre reclama em forma de dança a igualdade O preconceito escureceu o brilho da lua É o gueto escondido no mundo perdido da grande cidade Um coro encanta no meio da noite "Made in Brazil" Mão que levanta a discordância no social Na batucada do samba ou umbanda e candomblé Se vê a raça do negro na praça balançando o pé Toca atabaque nessa vontade de ser feliz É a mocidade na sociedade desse país

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.