restaurar

do Carmo

Adelino Moreira

Oh , Maria do Carmo,
O que foi que você fez comigo,
A ternura do seu meigo olhar,
A nudez do seu corpo a vibrar,
Pôs minha alma em constante perigo.

Acordar e sonhando,
Quase não sei o que digo,
E por isso sofrendo reclamo,
Minha doce Maria do Carmo,
O que foi que você fez comigo.

Se você não me queria,
Porque se deu tanto a mim,
Será que você fingia,
Será , será , será.

O nosso lençol de linho,
Que enxugou nosso embalo de amor,
Como eu hoje indaga baixinho,
Por onde andará meu carinho ?
Do Carmo por onde andará ?...

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.