restaurar

Fantoche

Adelino Moreira

Quanto mais longe dos teus olhos, meu amor
Mais me atordoa o calor desta paixão
Estava certo em sua frase o inventor
"Longe dos olhos e perto do coração"
É na distância que dói mais a dor do amor
E se esse amor não foi apenas amizade
A gente chora a nossa mágoa, a nossa dor
Num labirinto de tristeza e de saudade.

Tenho em meus olhos a visão da tua imagem
Sou um fantoche que a solidão apavora
Tento abraçar o teu vulto e é só miragem
Me atormentando, dia e noite a toda hora
De ti distante, vivo triste e a meditar
Nos separamos, mas não posso compreender
Porque razão choraste tanto, ao me deixar
Porque razão eu chorei tanto, ao te perder...

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.