restaurar

Levanta-me Meu Amor

Adelino Moreira

Numa casa estilo antigo / Num recanto encantador
Com o vento vadio / Cantando a cantiga
Singela do amor / Eu fui feliz contigo

Tu não eras minha escrava / Mas eu era o teu senhor
Hoje vivo amargurado / Infeliz acorrentado
Aos grilhões / De um falso amor

Levanta-me! / Meu amor, caí no abismo
Vejo agora o realismo / Do teu sincero amor
Ajuda-me! / Pois se eu ficar com ela
Serei sempre escravo dela / E contigo
Serei senhor!

Levanta-me! / Meu amor, caí no abismo
Vejo agora o realismo / Do teu sincero amor
Ajuda-me! / Pois se eu ficar com ela
Serei sempre escravo dela / E contigo
Serei senhor!

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.