restaurar

Meu Perfil

Adelino Moreira

Minhas frases sem lirismo
São despidas de cinismo
Sem a ilusão da cor
Falo a língua da verdade
E sem a vulgaridade
Das velhas frases de amor

Sou assim, amante bruto
Que decide num minuto
E sabe aquilo que quer
Incapaz de uma frase colorida
Mas capaz de amar na vida
Uma única mulher

Se os teus sonhos são os sonhos
De uma volúvel coquete
Que anda em busca de um valete
De olhar e rosto bonito
Não sou eu, não tenho esse predicado
De ser príncipe encantado
Nem esse amor admito

Mas se ao contrário, procuras
Quem te abrace num abraço
Quem domine o teu cansaço
E que ame com desatino
Vem, ò meu querido amor!
Vem para ficar comigo
Que terás meu abraço
Leme do teu destino!

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.