restaurar

Minha História (joão do Vale)

Chico Buarque

Seu moço, quer saber? Eu vou contar num baião Minha história pra o senhor Seu moço preste atenção Eu vendia pirulito Arroz doce e mungunzá Enquanto eu ia vender doce Meus colegas iam estudar A minha mãe tão pobrezinha Não podia me educar A minha mãe tão pobrezinha Não podia me educar E quando era de noitinha A meninada ia brincar Vixe, como eu tinha inveja De ver o Zezinho contar "O professor raiou comigo Porque eu não quis estudar" "O professor raiou comigo Porque eu não quis estudar" Hoje todo são doutor Eu continuo João Ninguém Mas quem nasce pra pataca Nunca pode ser vintém Ver meus amigos doutor Basta pra me sentir bem Ver meus amigos doutor Basta pra me sentir bem Mas todos eles quando ouvem Um baiãozinho que eu fiz Ficam tudo satisfeitos Batem palma, pedem bis E diz: "João foi meu colega Como eu me sinto feliz" E diz: "João foi meu colega Como eu me sinto feliz" Mas o negócio não é bem eu É Mané, Pedro e Romão Que também foi meus colegas E continuam no sertão Não puderam estudar E nem sabem fazer baião Não puderam estudar E nem sabem fazer baião

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.